Seja bem vindo ao nosso site RÁDIO PETROLINA FM 98,3,!

Buscar  
Hora Certa

Redes Sociais
Locutor (a)
+ Acessadas
Mulher é agredida com socos pelo companheiro no Dom Avelar em Petrolina
Minha Casa Minha Vida terá mudanças
Irmã de vice-prefeito de Bodocó (PE) presa por racismo é nomeada secretária de Igualdade Racial em Pernambuco
Gasolina sobe 19,5% em seis meses e já beira os R$ 5 em algumas cidades
Guarda Civil Municipal prende homem suspeito de tráfico de drogas em Petrolina
Evangélicos impulsionam Bolsonaro e Marina e derrubam Lula, revela Datafolha
Enquete

Na sua opinião, o Hospital Universitário deve servir só a Petrolina?

Não

Sim


Videos
12/03/18Gusttavo Lima - Apelido Carinhoso
Publicidade Lateral
Banner Lateral 03
Banner Lateral 02
Equipe
Calian Lima - Sonoplasta e Programador
Cesar do Lau - Locutor Apresentador
Nina Duarte - Gerente Adm/Financeiro/Comercial
Vanya Alves - Produtora dos Programas: Edenelvado Alves e Ronda Policial
Apresentador/Gerente de Programação
Jorge Cirilo - Motorista
Evanilson Barbosa - Reporte Policial
Top Música
1
Desejo De MeninaMinha Princesa
2
Ivete e CrioloLábios De Mel
3
Wesley SafadãoNão Conto
4
Gustavo LimaMilu
5
ZE VAQUEIRODECIDA
6
TIERRY FEAT GUSTAVO LIMAACERTOU NA MOSCA
7
DANIELCASAVA DE NOVO
8
DIEGO E VITCTOR HUGO FEAT SAIA RODADAPISADINHA
9
MAIARA E MARAÍSAAÍ EU BEBO
Bate Papo

Digite seu NOME:

Estatísticas

Visitas: 3383619

Usuários Online: 20

Brasil

No Mês dos Professores, número de docentes afastados por agressões sofridas em sala assusta

Publicada em 16/10/15 às 08:20h - 424 visualizações RÁDIO PETROLINA FM 98,3,

Link da Notícia:
Compartilhe
   

No Mês dos Professores, número de docentes afastados por agressões sofridas em sala assusta
 (Foto: RÁDIO PETROLINA FM 98,3,)

O Dia dos Professores, celebrado nesta ultima quinta-feira (15), era para ser comemorativo. Mas os números não são favoráveis. Agressões que adoecem e afastam professores das salas de aula são recorrentes. Com 12,5%, o País tem a maior média de educadores agredidos ou ameaçados pelos alunos do Mundo, segundo pesquisa realizada no ano passado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). No Estado, um estudo do Sindicato dos Trabalhadores em Educação em Pernambuco (Sintepe) com 981 docentes aponta que 24% deles (235) pediram licença nos últimos dois anos. Os problemas em sala de aula - agressões de estudantes ou dos pais - respondem por 36% dos pedidos de afastamento. Na rede pública do Recife foram dez registros em 2014.

O presidente do Sintepe, Fernando Melo, acredita que há uma desestruturação familiar crescente no Estado, o que acarreta sérias consequências nas escolas públicas. "Se o adolescente desrespeita os pais dentro de casa, dificilmente ele respeitará o professor", disse. Na maioria das vezes, ressaltou, quando um professor é violentado fisicamente por um aluno, prefere ficar no anonimato.

Em alguns casos, observou Melo, até se afasta da escola. O trauma e o constrangimento são mais fortes do que a vontade de denunciar a agressão aos órgãos competentes. A coragem de delatar é ofuscada, o que dá lugar à depressão e a outras doenças psicossomáticas. Mas não foi o que aconteceu com a professora Shirley Stefânia, 32 anos, que não se calou em relação à agressão feita por um aluno de 14 anos.

"Era uma brincadeira em sala de aula. E ele perdeu. Quando vi que estava alterado, me aproximei para conversar. Para orientar que é importante saber ganhar e perder. Foi o suficiente para ele me agredir", lembrou a professora. Ela não se intimidou. Acionou o Conselho Tutelar para realizar um acompanhamento psicológico com o aluno. "Ele melhorou o comportamento. Mas acredito que se tivesse me calado só teria piorado. É importante tomar uma atitude, não aceitar as agressões", defendeu.

A professora Jaqueline Vasconcelos, 50 anos, que ensinou por dez anos em duas escolas estaduais, contou que as ameaças foram muitas. Em uma delas, o aluno garantiu que ia incendiar seu carro. "A maioria dos alunos não quer estudar. Quando exigimos disciplina e comportamento, é sinal verde para as agressões", disse. Para a educadora, é inapropriado ter medo. "Quando eles me agrediam verbalmente e diziam que iam me matar, fingia que não era comigo. Não comprovava o receio. E é o que eles querem", disse.

Ela lamentou a falta de apoio da instituição escolar. "Não adiantava denunciar. Só quem tem razão é o aluno. O professor sempre está errado". Questionada se queria voltar ao ambiente escolar, a resposta foi breve: "De jeito nenhum". A Secretaria de Educação e Esportes do Estado informou, em nota, que situações que envolvem professor e estudante são tratadas no âmbito escolar e ficam sob a responsabilidade da direção e corpo docente da unidade de ensino.

Segundo a pasta, o professor tem à sua disposição o Núcleo de Atenção ao Servidor (NAS) da Secretaria de Educação do Estado (SEE). O NAS é responsável por ações de prevenção de agravos e promoção da saúde dos professores e demais trabalhadores da Educação. Atualmente existem 18 núcleos do NAS.

Fonte: Folha-PE




ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Parceiros
AV. Francisco Coelho de Amorim , Nº 45, BAIRRO: José e Maria, CEP 56320-440 - PETROLINA/PE FONES: (87) - 3867.1049 - (87) - 3861.5555 - (87) 8802.1892 EMAIL: radiopetrolinafm@hotmail.com ou petrolinafmcomercial@hotmail.com - por Site Gerenciavel
Copyright (c) 2022 - RÁDIO PETROLINA FM 98,3, - Todos os direitos reservados
site, tv, videos, video, radio online, radio, radio ao vivo, internet radio, webradio, online radio, ao vivo, musica, shows, top 10, music, entretenimento, lazer, áudio, rádio, música, promocoes, canais, noticias, Streaming, Enquetes, Noticias,mp3,Blog, Eventos, Propaganda, Anuncie, Computador, Diversão e Arte, Internet, Jogos, Rádios e TVs, Tempo e Trânsito, Últimas Notícias, informação, notícia, cultura, entretenimento, lazer, opinião, análise, jogos, Bandas, Banda, Novos Talentos, televisão, arte, som, áudio, rádio, Música, música, Rádio E TV, Propaganda, Entretenimento, Webradio, CD