Seja bem vindo ao nosso site RÁDIO PETROLINA FM 98,3, petrolinafm.com!

Buscar  
Hora Certa

Redes Sociais
+ Acessadas
Mulher é agredida com socos pelo companheiro no Dom Avelar em Petrolina
Minha Casa Minha Vida terá mudanças
Irmã de vice-prefeito de Bodocó (PE) presa por racismo é nomeada secretária de Igualdade Racial em Pernambuco
Locutores
Isnaldo Nogueira
Iranildo Figueiredo
Ivo da Hora
Sidiney (Cebolinha)
Edenevaldo Alves
Cesar do Lau
CALIAN LIMA
Enquete

Na sua opinião, o Hospital Universitário deve servir só a Petrolina?

Não

Sim


Equipe
Janko Moura
Isnaldo Nogueira - Apresentador Forró, Verso e Viola
Leche Silva - Estagiária do Programa Viva Bem
Ivo da Hora - Apresentador do Programa Rota 98
Iranildo Figueiredo - Apresentador do Programa Vaquejada e Forró
Lara Cavalcanti - Apresentadora e CEO do Programa Viva Bem
Sidney (Cebolinha) - Apresentador do Programa Sabado Show
Lelson Santos - Apresentador do Programa Resenhando
Calian Lima - Sonoplasta e Programador
Cesar do Lau - Apresentador do Forró Poesia e Noticias
Videos
12/03/18Gusttavo Lima - Apelido Carinhoso
Publicidade Lateral
Banner Lateral 03
Banner Lateral 02
Top Música
1
Desejo De MeninaMinha Princesa
2
Ivete e CrioloLábios De Mel
3
Wesley SafadãoNão Conto
4
Gustavo LimaMilu
5
ZE VAQUEIRODECIDA
6
TIERRY FEAT GUSTAVO LIMAACERTOU NA MOSCA
7
DANIELCASAVA DE NOVO
8
DIEGO E VITCTOR HUGO FEAT SAIA RODADAPISADINHA
9
MAIARA E MARAÍSAAÍ EU BEBO
Bate Papo

Digite seu NOME:

Estatísticas

Visitas: 3631104

Usuários Online: 1

Brasil

Fernando Bezerra defende que regra para financiamento de débitos dos Estados com INSS seja estendida aos Municípios

Publicada em 21/10/15 às 11:02h - 546 visualizações RÁDIO PETROLINA FM 98,3,

Link da Notícia:
Compartilhe
   

Fernando Bezerra defende que regra para financiamento de débitos dos Estados com INSS seja estendida aos Municípios
 (Foto: RÁDIO PETROLINA FM 98,3,)

Preocupado com a crise econômica e a situação fiscal dos Municípios, o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) defendeu hoje (20), na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, a alteração na forma de cálculo do financiamento das dívidas das prefeituras junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), a exemplo do que já ocorre em relação aos Estados. A sugestão de Fernando Bezerra foi apresentada na forma do chamado "Voto em Separado" divergente de parecer do senador José Pimentel (PT-CE), cujo relatório era pela prejudicialidade do Projeto de Lei do Senado (PLS) nº 262/2015, que prevê a referida mudança na sistemática de parcelamento dos débitos previdenciários.

Juntamente com o Voto em Separado, Fernando Bezerra Coelho apresentou Substitutivo ao PLS 262, com o intuito de manter o objeto da proposta, de autoria do senador Antônio Carlos Valadares (PSB-SE). Contudo, em virtude de um pedido de vistas coletiva, o Substitutivo será apreciado em nova reunião da Comissão de Assuntos Econômicos. "Com igual intensão do projeto inicial (de Antônio Carlos Valadares), proponho que seja adotada, para o parcelamento das dívidas previdenciária municipais, a mesma regra prevista na Lei Complementar 148/2014", explicou Fernando Bezerra. "Com tal medida, muitas prefeituras poderão melhor organizar as contas públicas e voltar a dispor de recursos para os investimentos necessários à melhoria da infraestrutura e do bem-estar da comunidade", ressaltou o senador.

A Lei Complementar 148 estabelece as condições de cálculo para o refinanciamento de dívidas celebradas entre a União, os Estados e os Municípios. Tal legislação determina que os juros sejam calculados e debitados mensalmente à taxa nominal de 4% ao ano sobre o saldo devedor previamente atualizado. Prevê, ainda, a atualização monetária calculada mensalmente com base na variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e limita tais encargos à Taxa Selic.

"Com o objetivo de garantir aos Municípios tratamento isonômico no cálculo das dívidas previdenciárias junto ao INSS, deve-se estender a eles o mesmo critério já aplicado aos Estados, em dívidas da mesma natureza", destacou Bezerra Coelho.

SUBSTITUTIVO - No Substituto apresentado hoje à CAE, o senador Fernando Bezerra propõe a alteração da Lei 12.810/2013, que prevê o parcelamento dos débitos previdenciários em 240 meses e sustenta o PLS 262. De acordo com o Substitutivo, o artigo 8º da Lei 12.810 passa a determinar que, para o referido parcelamento, seja considerada a regra de cálculo prevista no artigo 2º da Lei Complementar 148.




ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Parceiros
AV. Francisco Coelho de Amorim , Nº 45, BAIRRO: José e Maria, CEP 56320-440 - PETROLINA/PE FONES: (87) - 3867.1049 - (87) - 3861.5555 - (87) 8802.1892 EMAIL: radiopetrolinafm@hotmail.com ou petrolinafmcomercial@hotmail.com - por Site Gerenciavel
Copyright (c) 2024 - RÁDIO PETROLINA FM 98,3, - Todos os direitos reservados
site, tv, videos, video, radio online, radio, radio ao vivo, internet radio, webradio, online radio, ao vivo, musica, shows, top 10, music, entretenimento, lazer, áudio, rádio, música, promocoes, canais, noticias, Streaming, Enquetes, Noticias,mp3,Blog, Eventos, Propaganda, Anuncie, Computador, Diversão e Arte, Internet, Jogos, Rádios e TVs, Tempo e Trânsito, �ltimas Notícias, informação, notícia, cultura, entretenimento, lazer, opinião, análise, jogos, Bandas, Banda, Novos Talentos, televisão, arte, som, áudio, rádio, Música, música, Rádio E TV, Propaganda, Entretenimento, Webradio, CD