Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019

Buscar  
Redes Sociais


Hora Certa


Locutor (a)
MUSICAS PROGRAMAÇÃO RADIO
Enquete
Na sua opinião, o Hospital Universitário deve servir só a Petrolina?

 Sim
 Não

Publicidade Lateral
Top Música
1
A Culpa é Sua
Léo Satana
2
Sapequinha
Eduardo Costa
3
Minha Princesa
Desejo De Menina
4
Lábios De Mel
Ivete e Criolo
5
Não Conto
Wesley Safadão
6
Milu
Gustavo Lima
Estatísticas
Visitas: 2113116 Usuários Online: 63


Bate Papo

Digite seu NOME:


Pernambuco

Publicada em 21/10/15 às 10:57h - 280 visualizações
Prefeitura de Petrolina fez oferta para comprar trens do VLT de Cuiabá que custaram R$ 500 mi

RÁDIO PETROLINA FM 98,3,


 (Foto: RÁDIO PETROLINA FM 98,3,)

O secretário de Cidades de Cuiabá (MT), Eduardo Chiletto, revelou que a prefeitura de Petrolina (PE) fez uma oferta para comprar o material rodante do VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) de Cuiabá. A declaração sobre a proposta de negócio aconteceu nesta segunda-feira (19), na Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). Ainda conforme o gestor, a garantia dos trens termina em novembro deste ano. Ao todo, os 40 vagões do novo modal custaram R$ 497.990.000,00 aos cofres públicos.

Atendendo a um pedido requerido pelo deputado Emanuel Pinheiro (PR), o secretário esteve na Sala das Comissões da ALMT prestando informações a respeito das obras do VLT. Lá, ele informou que a prefeitura de Petrolina (PE), a qual também implantará o modal, fez uma oferta para comprar o material rodante de Cuiabá: "Houve uma reunião e eles demonstraram a intenção de comprar", declarou o gestor da pasta.

O secretário ainda explicou que nem chegou a conversar sobre valores com os representantes de Petrolina. "Eu nem quis saber disso. Não posso negociar. Só se o contrato com o Consórcio fosse rescindido totalmente", explicou Eduardo Chiletto.

Também foi informado que a garantia do material rodante com a CAF Brasil, empresa responsável pela fabricação dos trens, termina em novembro deste ano: "Ou renovamos, ou perdemos esse material", declarou Chiletto. Em julho, durante uma inspeção da Secretaria de Cidades (Secid) foram localizados vagões pichados e alvos de vandalismo. O Consórcio foi notificado para restaurar o material.

Antes de ouvir as perguntas dos deputados, Chiletto também fez uma análise geral de como o governo encontrou as obras e o que fez até agora. As primeiras composições do VLT começaram a chegar à Cuiabá em novembro de 2013. Na ocasião, o ex-governador Silval Barbosa (PMDB), fez inclusive um 'desfile' de carro aberto para mostrar à população os novos trens. Os últimos, dos 40 vagões, chegaram à capital mato-grossense em junho de 2014, pouco antes do início da Copa do Mundo. Ao todo, foram pagos R$ 488.050.000 (98%), dos R$ 497.990.000,00 previstos em contrato.

VLT de Petrolina

O VLT na cidade pernambucana custará cerca de R$ 117 milhões, sendo que R$ 83 milhões serão para o VLT e R$ 29 milhões para a pavimentação e qualificação de vias urbanas. O projeto inicial prevê quatro vagões para um trajeto de 4,8 quilômetros. Serão cinco estações e dois terminais centrais, sendo divididos em Estação Central, Rodoviária, Sementeira, Ceape, Parque de Integração, Vila Verde e Pedra Linda. (Olhar Direto).




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Parceiros

AV. Francisco Coelho de Amorim , Nº 45, BAIRRO: José e Maria, CEP 56320-440 - PETROLINA/PE FONES: (87) - 3867.1049 - (87) - 3861.5555 - (87) 8802.1892 EMAIL: radiopetrolinafm@hotmail.com ou petrolinafmcomercial@hotmail.com - por Site Gerenciavel
Copyright (c) 2019 - RÁDIO PETROLINA FM 98,3, - Todos os direitos reservados