Seja bem vindo ao nosso site RÁDIO PETROLINA FM 98,3, petrolinafm.com!

Buscar  
Hora Certa

Redes Sociais
Nenhuma programação cadastrada
para esse horário
+ Acessadas
Mulher é agredida com socos pelo companheiro no Dom Avelar em Petrolina
Minha Casa Minha Vida terá mudanças
Irmã de vice-prefeito de Bodocó (PE) presa por racismo é nomeada secretária de Igualdade Racial em Pernambuco
Enquete

Na sua opinião, o Hospital Universitário deve servir só a Petrolina?

Não

Sim


Videos
12/03/18Gusttavo Lima - Apelido Carinhoso
Publicidade Lateral
Banner Lateral 03
Banner Lateral 02
Equipe
Lelson Santos - Apresentador do Programa Resenhando
Calian Lima - Sonoplasta e Programador
Cesar do Lau - Apresentador do Forró e Poesia
Nina Duarte - Gerente Adm/Financeiro/Comercial
Edenevaldo Alves - Apresentador/Gerente de Programação
Evanilson Barbosa - Apresentador do Rota 98
Top Música
1
Desejo De MeninaMinha Princesa
2
Ivete e CrioloLábios De Mel
3
Wesley SafadãoNão Conto
4
Gustavo LimaMilu
5
ZE VAQUEIRODECIDA
6
TIERRY FEAT GUSTAVO LIMAACERTOU NA MOSCA
7
DANIELCASAVA DE NOVO
8
DIEGO E VITCTOR HUGO FEAT SAIA RODADAPISADINHA
9
MAIARA E MARAÍSAAÍ EU BEBO
Bate Papo

Digite seu NOME:

Estatísticas

Visitas: 3462123

Usuários Online: 17

Pernambuco

Mulheres, jovens e negros são maiores vítimas da violência em Pernambuco, diz IBGE

Publicada em 10/05/21 às 09:02h - 195 visualizações BLOG EDENEVALDO ALVES

Link da Notícia:
Compartilhe
   

Mulheres, jovens e negros são maiores vítimas da violência em Pernambuco, diz IBGE
 (Foto: BLOG EDENEVALDO ALVES)

Dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), através da “Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) 2019: Acidentes, doenças transmissíveis, atividade sexual, características do trabalho e apoio social” trazem informações alarmantes sobre a violência em Pernambuco: 1,1 milhão de pessoas com mais de 18 anos sofreram algum tipo de violência ao longo daquele ano.

O levantamento, feito junto ao Ministério da Saúde e envolveu visitas a 4.560 municípios de agosto de 2019 até março de 2020. Seus resultados mostram que os grupos sociais tradicionalmente mais vulneráveis foram os mais penalizados pela violência. No recorte de gênero, o percentual de mulheres atingidas por ações violentas é de 17,2% das pernambucanas, contra 14% dos homens. No Recife, que apresenta sozinho uma taxa de violência maior que a do estado (20%), 21,9% das mulheres e 17,6% dos homens foram vítimas.

Thank you for watching

A questão racial também se mostrou um fator determinante. Entre as vítimas de ações violentas apontadas pelo estudo, 20,1% dos negros sofreram violência no estado, contra 15,4% dos que se declaram pardos, índice próximo aos 15,6% de brancos que foram vítimas.

Juventude

A idade também se mostrou um fator de risco, sendo mais provável sofrer violência no estado quanto mais jovem a pessoa for. De acordo com os dados do IBGE, 22,4% das pessoas entre 18 e 29 anos foram vítimas de violência, frente a 8,5% no grupo acima dos 60 anos de idade. Analisando apenas o Recife, o índice de violência contra idosos é semelhante ao registrado no estado (8,4%), mas no grupo que vai dos 20 aos 29 anos, o percentual salta para 30,9%.

Os impactos da violência em cada grupo também são distintos. Ao todo, 148 mil pessoas afirmaram ter deixado de realizar suas atividades cotidianas habituais devido à violência sofrida, o que significa 13,2% do total.

Quando olhamos os números mais de perto, nota-se que o impacto é muito maior entre as mulheres: enquanto 8,2% dos homens alegam ter deixado afazeres como consequência da violência, entre mulheres o percentual mais do que dobra, vai a 16,5%.

Violência psicológica

Observando o tipo de violência sofrida, percebemos que a violência psicológica prevaleceu entre 15% dos pernambucanos com 18 anos ou mais. A maioria, outra vez, é feminina: o percentual delas é de 16,3%, enquanto a incidência de violência psicológica atingiu 13,3% dos homens em Pernambuco.

No Recife, onde a situação é mais crítica, 20,9% das mulheres e 16% dos homens foram vítimas de violência psicológica. Analisando a população do município como um todo, 18,8% dos recifenses sofreram com esse tipo de ação violenta.

Analisando por faixa etária, 21,5% dos pernambucanos de 18 a 29 anos afirmaram ter sofrido com
violência psicológica em 2019. No grupo de 60 anos ou mais, o percentual é de 8,1%. No recorte racial, 19,2% dos pretos, 14,5% dos pardos e 15,1% dos brancos foram vítimas.

Violência física e sexual

Segundo a pesquisa, em 2019 224 mil pernambucanos sofreram com violência física, o que equivale a 3,2% da população com mais de 18 anos. Novamente, o percentual é maior entre mulheres (3,4%) que homens (2,8%). Na categoria da violência sexual, 4,3% da população foi vítima desse tipo de agressão pelo menos uma vez na vida. A incidência foi de 6,7% entre mulheres e 1,3% entre os homens.




ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Parceiros
AV. Francisco Coelho de Amorim , Nº 45, BAIRRO: José e Maria, CEP 56320-440 - PETROLINA/PE FONES: (87) - 3867.1049 - (87) - 3861.5555 - (87) 8802.1892 EMAIL: radiopetrolinafm@hotmail.com ou petrolinafmcomercial@hotmail.com - por Site Gerenciavel
Copyright (c) 2023 - RÁDIO PETROLINA FM 98,3, - Todos os direitos reservados
site, tv, videos, video, radio online, radio, radio ao vivo, internet radio, webradio, online radio, ao vivo, musica, shows, top 10, music, entretenimento, lazer, áudio, rádio, música, promocoes, canais, noticias, Streaming, Enquetes, Noticias,mp3,Blog, Eventos, Propaganda, Anuncie, Computador, Diversão e Arte, Internet, Jogos, Rádios e TVs, Tempo e Trânsito, �ltimas Notícias, informação, notícia, cultura, entretenimento, lazer, opinião, análise, jogos, Bandas, Banda, Novos Talentos, televisão, arte, som, áudio, rádio, Música, música, Rádio E TV, Propaganda, Entretenimento, Webradio, CD