Seja bem vindo ao nosso site RÁDIO PETROLINA FM 98,3,!

Buscar  
Hora Certa

Redes Sociais
Nenhuma programação cadastrada
para esse horário
+ Acessadas
Mulher é agredida com socos pelo companheiro no Dom Avelar em Petrolina
Minha Casa Minha Vida terá mudanças
Irmã de vice-prefeito de Bodocó (PE) presa por racismo é nomeada secretária de Igualdade Racial em Pernambuco
Gasolina sobe 19,5% em seis meses e já beira os R$ 5 em algumas cidades
Guarda Civil Municipal prende homem suspeito de tráfico de drogas em Petrolina
Evangélicos impulsionam Bolsonaro e Marina e derrubam Lula, revela Datafolha
Enquete

Na sua opinião, o Hospital Universitário deve servir só a Petrolina?

Não

Sim


Videos
12/03/18Gusttavo Lima - Apelido Carinhoso
Publicidade Lateral
Banner Lateral 03
Banner Lateral 02
Equipe
Calian Lima - Sonoplasta e Programador
Cesar do Lau - Locutor Apresentador
Nina Duarte - Gerente Adm/Financeiro/Comercial
Vanya Alves - Produtora dos Programas: Edenelvado Alves e Ronda Policial
Apresentador/Gerente de Programação
Jorge Cirilo - Motorista
Evanilson Barbosa - Reporte Policial
Top Música
1
Desejo De MeninaMinha Princesa
2
Ivete e CrioloLábios De Mel
3
Wesley SafadãoNão Conto
4
Gustavo LimaMilu
5
ZE VAQUEIRODECIDA
6
TIERRY FEAT GUSTAVO LIMAACERTOU NA MOSCA
7
DANIELCASAVA DE NOVO
8
DIEGO E VITCTOR HUGO FEAT SAIA RODADAPISADINHA
9
MAIARA E MARAÍSAAÍ EU BEBO
Bate Papo

Digite seu NOME:

Estatísticas

Visitas: 3397138

Usuários Online: 21

Policial

Delator diz que empresário comprou 4 votos para Rio sediar Olimpíadas By : Assessoria de Comunicação do Deputado Gonzaga Patriota

Publicada em 22/05/18 às 10:13h - 771 visualizações RÁDIO PETROLINA FM 98,3,

Link da Notícia:
Compartilhe
   

Delator diz que empresário comprou 4 votos para Rio sediar Olimpíadas By : Assessoria de Comunicação do Deputado Gonzaga Patriota
 (Foto: RÁDIO PETROLINA FM 98,3,)

Carlos Miranda, amigo de infância do ex-governador carioca Sérgio Cabral (MDB) e apontado como operador do esquema de corrupção liderado pelo político emedebista, afirmou à Justiça Federal nesta segunda-feira (21/5) que o empresário Arthur Soares Filho pagou US$ 2,5 milhões (cerca de R$ 9,22 milhões) para comprar quatro votos de dirigentes africanos a fim de garantir a realização das Olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro. A eleição foi realizada em outubro de 2009 em Copenhague, na Dinamarca.

O delator afirmou ter ouvido essa informação do próprio Cabral (foto em destaque), em conversa dos dois na prisão, no primeiro bimestre de 2017. O ex-governador do Rio de Janeiro e Carlos Miranda estão presos desde novembro de 2016. Soares Filho, conhecido como Rei Arthur, é dono de firmas que teriam mantido contratos de até R$ 3 bilhões com o governo do estado durante a gestão do emedebista.

Miranda firmou um acordo de colaboração premiada com o Ministério Público Federal (MPF) e já havia mencionado aos procuradores essa conversa com Cabral. Nesta segunda, no entanto, declarou isso pela primeira vez em juízo, durante audiência de processo resultante da Operação Unfair Play, promovida pela Polícia Federal e pelo MPF em 5 de outubro do ano passado.

O processo investiga a compra de votos para que o Rio de Janeiro fosse eleito sede das Olimpíadas. Neste caso, são réus Sérgio Cabral, o ex-presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e do Comitê Organizador da Rio-2016 Carlos Arthur Nuzman e o ex-diretor de marketing do COB Leonardo Gryner.

Segundo Carlos Miranda, o empresário Arthur Soares Filho teria usado um banco francês para transferir o dinheiro aos quatro dirigentes.

Três décadas de comentários sobre crimes
Cabral nega a compra de votos. Presentes ao depoimento desta segunda-feira (21/5), seus advogados perguntaram a Miranda porque o ex-governador teria feito essa afirmação a alguém que, naquele período, já estava negociando um acordo de delação premiada. Segundo o delator, era comum conversar com Cabral sobre os esquemas de propina.

"Participei de uma organização criminosa na qual  Sérgio Cabral era o chefe. Os comentários sobre esse ou outros crimes aconteceram ao longo de 30 anos", afirmou.
O operador do esquema de corrupção já havia feito a mesma afirmação em depoimento prestado ao MPF em abril de 2017, ainda antes da Unfair Play. "Recentemente, na prisão, cerca de dois ou três meses atrás, Sérgio Cabral comentou com o colaborador que Arthur (Soares Filho), de fato, teria feito pagamentos a dirigentes africanos ligados ao setor de atletismo para a compra de quatro votos", registrou o depoimento daquela época. A delação foi homologada pelo ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF).
A investigação do MPF indica que o dinheiro foi transferido por Soares Filho para uma empresa de Papa Massata Diack, filho de Lamine Diack, ex-presidente da Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF - na sigla em inglês).
Um e-mail de Papa Diack a Leonardo Gryner indicou haver outros beneficiários. O africano reclamou do atraso de uma parcela do pagamento. Segundo ele, a falta de pontualidade provocou "todo tipo de constrangimento de pessoas que confiaram no nosso comprometimento em Copenhague".
A operação Unfair Play é um desdobramento da Lava Jato e apura suposto esquema de compra de votos para escolha da capital fluminense para sediar os Jogos Olímpicos de 2016.
O outro lado
Em nota, a defesa de Sérgio Cabral destacou: "as declarações de Carlos Miranda são inverídicas, como todas as anteriores, além de não terem suporte em qualquer outro elemento que não seja a sua própria imaginação".



ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Parceiros
AV. Francisco Coelho de Amorim , Nº 45, BAIRRO: José e Maria, CEP 56320-440 - PETROLINA/PE FONES: (87) - 3867.1049 - (87) - 3861.5555 - (87) 8802.1892 EMAIL: radiopetrolinafm@hotmail.com ou petrolinafmcomercial@hotmail.com - por Site Gerenciavel
Copyright (c) 2022 - RÁDIO PETROLINA FM 98,3, - Todos os direitos reservados
site, tv, videos, video, radio online, radio, radio ao vivo, internet radio, webradio, online radio, ao vivo, musica, shows, top 10, music, entretenimento, lazer, áudio, rádio, música, promocoes, canais, noticias, Streaming, Enquetes, Noticias,mp3,Blog, Eventos, Propaganda, Anuncie, Computador, Diversão e Arte, Internet, Jogos, Rádios e TVs, Tempo e Trânsito, Últimas Notícias, informação, notícia, cultura, entretenimento, lazer, opinião, análise, jogos, Bandas, Banda, Novos Talentos, televisão, arte, som, áudio, rádio, Música, música, Rádio E TV, Propaganda, Entretenimento, Webradio, CD